Novo “A Bela e a Fera” é uma lição sobre gaslighting
cinema

Novo “A Bela e a Fera” é uma lição sobre gaslighting

Entre altas expectativas e olhares desconfiados, Emma Watson, a maior heroína do feminismo pop e hollywoodiano atual, trouxe de volta às telas a história de “A Bela e a Fera”, e muito se falou sobre a “modernização” da história, mas eu quero falar de outra coisa: o Gaston da nova versão é o mais perfeito exemplo de gaslighting. Continuar lendo

Anúncios
Não, não houve estupro “de verdade” em “Último Tango em Paris”, mas isso não importa
cinema

Não, não houve estupro “de verdade” em “Último Tango em Paris”, mas isso não importa

Se você navegou a timeline de alguma rede social nos últimos dias, já sabe que a polêmica da semana tem a ver com a famosa cena da manteiga de “Último Tango em Paris”. No filme, Marlon Brando é um homem de meia-idade cuja mulher se suicidou recentemente, que tem uma série de encontros sexuais com … Continuar lendo

A escolha de Tilda Swinton no papel do Ancião em “Doutor Estranho” vai muito além do debate de gênero
cinema/literatura

A escolha de Tilda Swinton no papel do Ancião em “Doutor Estranho” vai muito além do debate de gênero

  O blog publica hoje nosso primeiro guest post ever! Quem assume o teclado é minha amiga Paula Carvalho, jornalista, historiadora e mestranda em história (com uma pesquisa sobre o explorador inglês Richard Burton), além de autora de ótimos trocadilhos, que ela prometeu incluir em próximos posts   Por Paula Carvalho Nesta semana saiu o … Continuar lendo

Geena Davis: “Ainda são poucas as oportunidades para as mulheres interpretarem protagonistas complexas”
cinema/mulheres inspiradoras/televisão

Geena Davis: “Ainda são poucas as oportunidades para as mulheres interpretarem protagonistas complexas”

Talvez você só a conheça como a Thelma de “Thelma & Louise”, filme que se tornou símbolo de como o mundo é um lugar hostil para as mulheres, mas Geena Davis tem muito mais para contar. É claro que a personagem marcou a vida da atriz como nenhuma outra, mas nos 25 anos desde então … Continuar lendo

Sexismo no cinema? As mulheres ainda têm menos falas do que os homens
cinema

Sexismo no cinema? As mulheres ainda têm menos falas do que os homens

Eu sempre falo da importância da representatividade nas diferentes formas de arte, e de como a indústria ainda perpetua a desigualdade e os estereótipos negativos, ainda que metade de seu público (às vezes mais da metade) seja formado por mulheres. A atriz Geena Davis criou um instituto todo há dez anos só pra isso e que … Continuar lendo

Ter uma heroína mulher em “Star Wars: O Despertar da Força” faz toda a diferença
cinema

Ter uma heroína mulher em “Star Wars: O Despertar da Força” faz toda a diferença

[Crítica originalmente publicada no UOL] Talvez você já tenha lido por aí, em algum tuíte ou post, que “Star Wars: O Despertar da Força” passa no teste de Bechdel (ou talvez você nunca tenha ouvido falar do teste, que examina filmes segundo alguns critérios: a produção tem que apresentar pelo menos duas personagens femininas com … Continuar lendo