Leitoras de “Cinquenta Tons de Cinza” são mais machistas, diz estudo
literatura/Sem categoria

Leitoras de “Cinquenta Tons de Cinza” são mais machistas, diz estudo

Um estudo das universidades norte-americanas de Ohio e Michigan revelou algo que tanto eu quanto você já desconfiávamos: mulheres jovens que leram o romance sadomasoquista light “Cinquenta Tons de Cinza”, de E.L. James, são mais propensas a atitudes machistas. Pra quem não lembra –ou não sabe, porque acabou de voltar de Marte–, “Cinquenta Tons de … Continuar lendo