beleza/cinema/televisão

O que o “dad bod”, a idade das atrizes e um casal de “Babilônia” têm em comum? (Ou “corpo de pai” meu c*)

O ator Seth Rogen, um autêntico representante da

O ator Seth Rogen, um autêntico representante da “tendência” “dad bod”

Se você vive no planeta Terra, suas redes sociais foram inundadas nas últimas semanas com a hashtag #dadbod –ou “corpo de pai”. Vai saber quem começou esse assunto imbecil, como quase tudo que “surge” na internet, mas o fato é que um monte de gente começou a espalhar que o que faz sucesso com as mulheres agora são os homens com corpo de pai –com uma barriguinha de leve, sem músculos definidos.

Se essa ideia não te provocou um imediato “wtf!”, eu explico porque é uma “tendência” totalmente imbecil:

1) Pra começar, o termo “dad bod” subentende o corpo mais relaxado de um homem que se tornou pai. Agora alguém pode me explicar porque raios o corpo de um homem mudaria quando ele tem filhos? Já conseguiram fazer com que um homem engravide, engorde, se encha de estrias, fique com dor nas costas, os peitos encham de leite, sinta cansaço o tempo todo, até parir?

2) Super legal a ideia de parar com a neura fitness e incentivar as pessoas a aceitarem seus corpos, seja como eles forem. Mas isso perde totalmente o sentido quando começamos a valorizar o tipo de corpo que já é dominante no mundo. Homens brancos, meio gordinhos, nada malhados, já são a maioria e não se importam muito com nenhum padrão ditado por revistas dizendo que deveriam ser musculosos.

3) E o “mom bod”, não vai virar tendência? Claro que não, porque as revistas, os filmes, a TV e tudo mais só aceitam e retratam as mulheres magras, de cabelão liso, jovens (e brancas, femininas, hétero). E convenhamos, gente: quero ver me convencerem de que um homem totalmente no padrão médio pode se sentir liberado da opressão com essa nova “tendência”. Quem continua sofrendo opressão estética são, majoritariamente, as mulheres, sempre criticadas por estarem “fora de forma”, “cheinhas”, “com quilinhos a mais”, mesmo quando acabaram de parir. “Dad bod” meu c*.

Maggie Gyllenhaal é velha demais (!!!)

A atriz Maggie Gyllenhaal

A atriz Maggie Gyllenhaal

Pra provar esse duplo padrão da sociedade em relação aos corpos das mulheres e os corpos dos homens, a atriz Maggie Gyllenhaal, 37, contou que foi rejeitada para um papel porque os produtores acharam que ela era velha demais para interpretar a amante de um homem de 55 anos (!!!).

“Há algumas coisas em ser atriz em Hollywood que realmente me desapontam e que me surpreendem o tempo inteiro”, ela disse ao The Wrap. “Eu tenho 37, e me disseram recentemente que eu era muito velha para interpretar uma amante de um homem de 55 anos”, completou. “Foi surpreendente para mim. Eu me senti mal e senti raiva. E depois eu achei graça.”

Lá em 2013 a Vulture já tinha feito uma análise comparando as idades de 5 atores de primeiro escalão com a de seus pares românticos. E o resultado foi que, quanto mais velhos eles ficam, mais jovens elas se tornam nas telas.

Já é completamente frustrante vivermos em uma sociedade que acha que uma mulher de 37 anos é velha, mas também temos que lidar com a palhaçada de acharem que um homem mais velho com uma novinha é ok, só que uma mulher mais velha com um homem novinho é uma “imoral”.

Sabe qual é o casal preferido do público da novela “Babilônia”?

O casal Evandro e Alice, de

O casal Evandro e Alice, de “Babilônia”

A gente tem um exemplo bem próximo desse machismo em relação às idades de casais na novela das nove da Globo, “Babilônia”. Era uma trama promissora, com um casal de lésbicas idosas e uma vilã que pegava geral, mas a emissora teve que fazer várias mudanças porque o público estava rejeitando a história “imoral”.

Teve até a personagem da Sophie Charlotte, Alice, que ia virar garota de programa e não vai mais. Nessas mudanças, ela virou par romântico do Evandro (Cássio Gabus Mendes), um empresário inescrupuloso, que trai a mulher com várias menininhas e acaba se apaixonando pela Alice. E adivinha qual é o casal que é um dos campeões de elogios na Central de Atendimento da Globo?

Evandro e Alice, claro! Mais moralista impossível, né? A vilã Beatriz da Glória Pires foi massacrada mais por ser pegadora do que por ser má, mas se um homem de meia-idade se envolve com uma garotinha, tudo bem! Ainda mais se for para tirá-la do mau caminho e da vida difícil. Me poupem.

Se você ainda está se perguntando qual é a resposta à pergunta lá do título, aí está: machismo.

Anúncios

3 pensamentos sobre “O que o “dad bod”, a idade das atrizes e um casal de “Babilônia” têm em comum? (Ou “corpo de pai” meu c*)

  1. Pingback: Links da Semana! #39 | EXTRAORDINARIANDO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s