televisão

O problema de “The Big Bang Theory” com as mulheres

The Big Bang Theory

Penny (Kaley Cuoco), Bernadette (Melissa Rauch) e Amy (Mayim Bialik) em cena da série “The Big Bang Theory”

Leonard, Raj e Howard não são os únicos a terem problemas com as mulheres em “The Big Bang Theory”. Os roteiristas da comédia mais bem-sucedida da TV atual também parecem não se entender muito bem com as garotas.

Não vou nem entrar no mérito de que a sitcom que ajudou os nerds a se tornarem pop nunca fez o mesmo serviço pelas moças. É uma série sobre como garotos inteligentes mas com poucas habilidades sociais lidam com a vida, e as mulheres sempre foram coadjuvantes –a começar por Penny (Kaley Cuoco), o estereótipo da garota burrinha do interior que sonha com o sucesso na cidade grande, mas sempre toma más decisões.

Mas, aos poucos, a série foi abrindo espaço para as questões femininas, com a introdução das presenças de Bernadette (Melissa Rauch) e Amy (Mayim Bialik) como companheiras constantes de Penny. As duas levantam o nível das relações com os garotos, pois também são cientistas reconhecidas em suas áreas.

Eis que no último episódio, “The Misinterpretation Agitation” (o sétimo da oitava temporada), os  roteiristas parecem finalmente ter se dado conta de que falta colocar em pauta algumas questões femininas.

Bernadette conta para Penny e Amy que foi convidada para participar de uma matéria sobre as 50 cientistas mais sexy da Califórnia, sentindo-se lisonjeada. Mas Amy tem outra opinião: a amiga é uma cientista de sucesso e deveria ser celebrada por suas conquistas, não por sua aparência.

Bernadette quer ser vista como inteligente e bonita, e as duas discutem feio quando Amy conta que a matéria foi cancelada porque escreveu um duro e-mail de reclamação aos editores, e é insultada pela amiga, que a acusa de ter feito isso por ciúmes, pois ninguém estava interessado em celebrar a beleza dela.

A coisa toda poderia ter resultado em uma discussão divertida e interessante sobre a posição das mulheres na ciência e o lugar da feminilidade na vida das mulheres que sabem que devem ser consideradas como muito mais do que um rostinho bonito. Mas não, para por aí, e logo estamos de novo acompanhando as desventuras de Leonard, Raj, Howard e Sheldon.

Na semana anterior, “The Big Bang Theory” já havia tentado entrar na questão dos papéis de gênero, ao tratar das finanças dos dois casais –Penny e Leonard e Howard e Bernadette. Mas, em vez de fazer graça sobre a dinâmica dos relacionamentos modernos –Bernadette dá uma mesada ao marido, que ganha menos, e Penny e Leonard têm problemas agora que ela tem um bom emprego e se tornou independente–, acaba colocando a mulher de Howard no odiado papel da mulher reclamona.

Quem sabe na terceira tentativa eles acertam.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s